Entenda quais são os direitos do diabético

Publicidade - OTZAds

Se você tem diabetes ou conhece alguém próximo que tem, saiba quais são os direitos do diabético.

A diabetes é uma doença que afeta milhares de brasileiros.

Sendo assim, saber quais são os direitos do diabético é uma informação bem útil e importante.

Visto que muitas pessoas que possuem a doença não sabem os benefícios a que têm direito.

Isso é importante pois é uma forma de ajudar no tratamento da doença.

Publicidade - OTZAds

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 13 milhões de brasileiros sofrem com diabetes.

Esses dados foram atualizados em 2021, ou seja, este ano, o número aumentou. 

Ainda segundo a OMS, a previsão é que até 2045 , haverá um aumento de 62% de casos na América Latina.

Ou seja, alcançando a marca de 42 milhões de pessoas portadoras de diabetes.

Ao contrário do que muitos pensam, a diabetes pode ser causada por uma série de motivos.

Entre eles, hábitos alimentares não saudáveis, tabagismo, consumo excessivo de álcool e sedentarismo.

Por isso, é importante que a pessoa acometida pela doença saiba quais são seus direitos.

Publicidade - OTZAds

Para saber mais a respeito deste assunto, basta seguir a leitura do texto.

Quais são os direitos do diabético? 

Como é de conhecimento, a constituição brasileira garante o direito à saúde a todo e qualquer brasileiro. 

Nesse sentido, os diabéticos também fazem parte desse direito. 

Portanto, os diabéticos têm direito desde medicamentos à benefícios em razão da doença.

Ou seja, saber os direitos básicos nesse caso é uma ótima forma de diminuir os custos com o tratamento. 

Isso porque o valor dos medicamentos pode ser alto,

Além do mais, dependendo do estágio da doença, pode atrapalhar a rotina.

Esses medicamentos, inclusive, devem ser ministrados diariamente. 

Direitos do diabético
Direitos do diabético

Além disso, é necessário medir rigorosamente a glicose e outras taxas.

Por esse lado, o direito do diabético não se restringe somente a receber o medicamento.

Em casos mais graves da doença, onde o paciente fica debilitado, também há benefícios.

Publicidade - OTZAds

Sendo assim, o diabético tem o direito de receber o auxílio doença pelo INSS.

Dessa forma, o trabalhador recebe esse benefício durante o período que precisar se ausentar do trabalho.

Porém, para ter direito ao auxílio doença, é necessário ser segurado do INSS e ter passado pela carência.

Além disso, também é preciso comprovar, por meio de um atestado, que não pode trabalhar por 15 dias ou mais.

Como funciona em casos mais graves da doença?

Já em casos mais graves da doença, o diabético tem direito a aposentadoria por invalidez.

Isso porque o paciente deve se afastar do trabalho de forma permanente.


Além disso leia também:

Como conseguir implante dentário pelo SUS.

Aplicativo para treino em casa.


Contudo, para poder acionar o benefício, é necessário cumprir alguns requisitos básicos.

Por exemplo, o paciente deve comprovar que a doença o impede de trabalhar.

Publicidade - OTZAds

Além disso, é preciso cumprir o período da carência.

No caso da aposentadoria por invalidez, o período de carência é de 12 meses. 

Assim como o auxílio-doença, o paciente também precisa ser segurado do INSS.

Somente dessa forma, o mesmo tem direito ao benefício da aposentadoria.

Por fim, saber quais são os direitos do diabético é fundamental para o portador da doença. 

Afinal de contas, é uma ótima forma de diminuir os custos do tratamento. 

Sem contar que a informação também auxilia nos casos dos que não podem exercer a função no trabalho.