Speed Test: aprenda a fazer o teste de velocidade de forma simples

Publicidade - OTZAds

Se fizermos uma votação para entender os principais motivos que mais tiram a paciência dos brasileiros, com certeza a lentidão na internet estaria entre o top 10. Afinal, o que todos mais querem e precisam é de uma boa internet ajustada para poder trabalhar, assistir, se divertir e seguir a vida. 

Isso porque devido ao avanço da tecnologia, as pessoas passaram a ter novas demandas e necessidades no uso da internet, sem falar que muitas pessoas fazem uso da mesma para resolver muitas coisas no seu cotidiano. 

Publicidade - OTZAds

Se você anda meio desconfiado sobre a qualidade da sua internet e deseja saber como fazer o teste de velocidade, continue a sua leitura até o final, pois você está no lugar certo. Confira! 

Como fazer o teste de velocidade de internet?

Para que você consiga fazer o teste de velocidade de maneira precisa, é fundamental que no momento não esteja ocorrendo nenhum download e que somente o seu computador está utilizando-a, ou seja conectado ao modem, impedindo que outros aparelhos atrapalhem.

Publicidade - OTZAds

Opte por uma conexão telegráfica, melhor dizendo, por meio de cabo, em vez de uma conexão via Wi-Fi para realizar a testagem de velocidade no serviço de internet desejado, já que com a conexão sendo feita com fios, ficará mais estável. Fique a vontade para efetuar a testagem do registrador de velocidade quantas vezes quiser achar necessário, se preferir também, após o resultado, compartilhe e faça comparação com os seus amigos.

Saiba o que é Ping (Latência)

O Ping é um programa para tarefas auxiliares que utiliza ICMP para realizar teste da conexão entre aparelhos, ele mostra o tempo preciso para que certa quantidade de dados realize uma movimentação de ida e volta entre o servidor de teste e seu PC. Quanto menor for a decorrência, mais ativa é sua conexão.

 Além disso, a testagem é feita 10 vezes na plataforma. O sistema caracteriza um tempo menor, médio e o jitter (a maior variação dentre as medidas). A testagem prioriza o modo TCP, caso não esteja disponibilizado (portas 8080 e 8081 bloqueadas), vai ser executado no modo HTTP.

Saiba o que é a taxa de bits carregados 

Trata-se da velocidade de download, pois essa referência mostra a quantidade de dados que a sua rede consegue obter (download) por segundo, e quanto maior for a taxa, maior vai ser a velocidade da conexão, isto é, uma conexão melhor.

Publicidade - OTZAds

Saiba sobre a taxa de bits carregados

Essa referência mostra a quantidade de dados que a sua rede consegue transmitir (upload) por segundo, e quanto maior for a taxa, maior vai ser a velocidade da conexão.

O Jitter se trata da variação estatística da demora entre os pacotes. Uma alta variação de atraso gera uma recepção desregulada dos pacotes. Uma das maneiras de diminuir os resultados disso é por meio do uso de buffer, normal em sites de redes sociais e vídeos os quais arquivem-se os dados de acordo com que eles chegam.

Publicidade - OTZAds

Os dados pessoais e privacidade do registrador

A nPerf faz a curetagem dos dados estatísticos de geolocalização, eles não são nominativos, além do mais, eles também possibilitam a melhoria da qualidade das redes a categoria de dados para que passem a ser concedidos como priorização. Os dados que serão coletados: tipo e modelo do dispositivo, qual é a versão dos sistema do aparelho celular, geolocalização e, por fim, medidas a serem executadas.

Além disso, as informações também são compiladas para distintos relatórios e pode-se fazer mapas estatísticos através deles. No momento que passarem a ser utensílios de cedência a título comercial para outros, essas informações são transferidas de forma completamente anônima (ocultando o IP).