Como fazer a Carteira de Identidade Digital

Publicidade - OTZAds

Atualmente, o mundo está cada vez mais tecnológico e as pessoas têm optado por resolver tudo através da internet de forma mais simples e menos burocrática. E com isso, muitas pessoas têm optado por portar documentos digitais, para evitar perder os documentos, de esquecer e até mesmo danificar facilmente. 

Afinal de contas, é muito mais fácil esquecer a carteira e até mesmo a bolsa em casa, mas dificilmente alguém vai sair de casa e esquecer o celular em casa, concorda? 

Isso porque através do celular as pessoas conseguem realizar pagamentos, ter acesso ao seus bancos digitais, muitas pessoas dirigem usando a habilitação digital, entre outras possibilidades. Sendo assim, obter também a Carteira de Identidade Digital pode ser uma grande ideia para as pessoas que são mais tecnológicas. 

Publicidade - OTZAds

A carteira de identidade digital, o DNI é um documento na qual irá reunir o Título de Eleitor, Certidão de Nascimento e também CPF. Ou seja, todos os documentos em apenas um, além disso, o DNI é um documento com validade e reconhecimento nacional. 

A carteira de identidade digital ainda não está liberada para uso, porém, as pessoas já podem aprontar e deixar tudo organizado para assim que for liberado o uso do documento, todos já possam usar. 

Como emitir a carteira de identidade digital

Em 2018 a carteira de identidade digital foi disponibilizada para 2 mil servidores, para que seja testada e usada por algumas pessoas, sendo assim o aplicativo ainda não está liberado para toda a sociedade, pois é necessário que seja concluído o período de teste dessa ferramenta. 

Porém, aqui vai as instruções de como tirar a sua para as pessoas que gostam de se manter atualizadas e gostam de ser uma das primeiras pessoas a tirarem o documento. 

Publicidade - OTZAds

Veja:

1. Acesse o site tse.jus.br e observe se o cadastramento já está disponível na cidade onde você mora. 

2. Vá até o site do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), do estado onde você mora. 

3. Clique no mecanismo de busca e escreva: “agendamento biometria”. Em algumas situações será possível clicar no link de agendamento de biometria, se estiver disponível essa informação estará destacada para você. 

4. Marque “agendar biometria”.

5. Assim, você deverá fornecer alguns dados pessoais como: número do título de eleitor, nome completo, nome completo dos pais, entre todas as informações solicitadas. 

6. Na sequência, busque o CEP do seu endereço. 

Publicidade - OTZAds

7. Na tela a seguinte, indique a Zona Eleitoral onde você vota.

8. Ao final de todo o preenchimento dos dados solicitados, clique em “imprimir”.

Compareça ao cartório eleitoral, no dia agendado com os seguintes documentos:

1. Título de eleitor.

2. Protocolo de agendamento.

Publicidade - OTZAds

3. Documento com foto, pode ser RG, passaporte ou carteira de trabalho – dentro da validade. 

4. Comprovante de residência atualizado, pode ser conta de telefone, água, luz, entre outros. 

Dessa forma, você poderá emitir sua carteira de identidade digital, assim que for liberado. 

O que achou dessa notícia e dessas dicas? Está empolgado (a) para a liberação desse documento? Aproveita e compartilha essa notícia com outros amigos.