Supletivo gratuito: como concluir o ensino fundamental e médio pela internet

Publicidade - OTZAds

Com a chegada da pandemia o isolamento mais a vontade de gerar dinheiro extra resultou prioridade para muitas pessoas e cada vez mais jovens e adultos buscam qualificação profissional por meio de cursos 100% online. Se já estás interessado melhor fica por aqui, vou te falar sobre como conseguir um supletivo gratuito. 

Em Brasil especificamente vem crescendo esse tipo de estudo pela internet, onde são disponibilizados cursos de alta qualidade com tutores capacitados em várias áreas por um valor acessível, flexibilidade nos horários e um certificado reconhecido em todo o território nacional.

Os programas permitem que os alunos concluam o ensino fundamental e médio em um tempo mais curto do que o comum da educação regular oferece. Assim que se você está pensando em dar um passo adiante no mercado de trabalho é momento de aproveitar as oportunidades que entrega a EAD.

Publicidade - OTZAds

Mas não só é o valor o que beneficia os estudantes, também o tempo que é economizado em se-deslocar até a faculdade, aguardar pelo transporte público, entre outras tarefas que têm que ser aplicadas na rotina. 

O melhor do supletivo gratuito é que este aliado de jovens e adultos é o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) que faz economizar uma grande porção da bolsa e poupar para poder ser um futuro profissional.

Crédito de imagem: Freepik

O que é supletivo a distância?

Conhecido por muitos como Educação de Jovens e Adultos (EJA). Um supletivo em poucas palavras é o ensino voltado ao público que por algum motivo da vida teve que interromper os estudos sem concluir a educação básica. 

Publicidade - OTZAds

No Brasil, o formato de estudo de supletivo foi criado pelo Governo Federal e ministrado desde a década dos 70 e vem se aperfeiçoando desde os últimos tempos. 

Embora esse tipo de estudo já existisse, ele ainda permanece com o objetivo de promover a inclusão social e o acesso de todos ao ensino na modalidade EAD para realizar a distância, uma alternativa moderna que promete permanecer fixa durante a pandemia. 

Supletivo a distancia é gratuito ou pago?

Existem instituições de ensino privadas que ofertam cursos pagos, nesse caso todo o mês é cobrado do estudante uma taxa da matrícula, no entanto, tem a possibilidade de conseguir uma bolsa de estudo parcial ou completa. Para isso pode ser preciso seguir uma série de requerimentos regulados pela escola. 

E que acontece se a renda familiar não dá para desembolsar isso?

Publicidade - OTZAds

Aí o assunto fica sério mesmo. Porém, para tudo nesta vida há uma solução e conseguir supletivos gratuitos é viável nos serviços nacionais de aprendizagem pública, como: Sesi, Senai e Sebrae, onde oferecem soluções sob medida.

Bolsa de estudo para concluir o ensino fundamental e médio pela internet 

Para gozar de uma bolsa de estudo, é necessário saber escolher a instituição de ensino fundamental ou médio, além disso tem que gerenciar diretrizes curriculares do MEC, ou seja, tem que seguir certos parâmetros que são orientados às escolas e instituições sobre as práticas que devem ser adotadas durante a pandemia do coronavírus. 

Também estabelece que cada série das duas modalidades devem ser concluídas em um tempo mínimo de seis meses. 

Publicidade - OTZAds

Mais de 30 mil casas de estudos parceiras disponibilizam bolsas com até 75% de desconto para graduação, pós-graduação, cursos técnicos, idiomas e concursos de toda índole. 

Se quiser realizar sua inscrição, só encontrar a matéria acadêmica que sempre desejou seguindo o passo a passo. 

  1. Acesse a Educa Mais Brasil
  2. No canto superior esquerdo pode clicar em EJA (Educação para jovens e adultos)
  3. Informe a sua cidade e a série que deseja cursar apertando o botão “Buscar”
  4. Verifique as instituições disponíveis e condições do curso. 
  5. Clique em “Quero esta Bolsa” e realize o cadastro gratuito. 
  6. Em breve aparecerá as búsquedas detalhadas para realizar o cadastro e pré-matrícula. 

Para saber mais é só clicar nas redes sociais, como: Facebook e Instagram.