Financiamento de moto rápido e simples

Financiar um carro é diferente de financiar qualquer outra coisa, pois este exige algumas qualificações, se você é assalariado, fique de olho nesta matéria ela vai te ajudar no entendimento como funciona um financiamento de carro

Publicidade - OTZAds

Comprar um carro novo, sem dúvida ainda faz parte como o sonho de muita gente. Porém, nada é impossível neste aspecto se você tiver foco. Se o dinheiro anda curto, você pode escolher entre dois caminhos, ou melhor, entre dois produtos financeiros: consórcio ou financiamento, você sabe qual o melhor para ter o seu carro novo? Todas as duas modalidades estão acessíveis para quem é assalariado.

Algumas observações são necessárias, e certamente irá depender de você e o momento em que você vive com seu dinheiro. Se optar por ter o carro logo, o melhor é escolher o financiamento, senão, pode esperar alguns anos e escolher o consórcio e pagar menos.

Publicidade - OTZAds

O bom negócio do consórcio do seu carro, tratando-se de quem é assalariado, é o valor final, além de aprender a guardar dinheiro, já que não é legal atrasar o pagamento e todo mês ter o compromisso de ter o valor certo.

Que isso fique claro em sua mente, se optar pelo financiamento na hora de comprar um carro novo, o banco paga todo o valor a loja que você escolheu, como um empréstimo. Depois, você paga as parcelas ao banco, o que pode durar em média 4 anos, depende de quanto você dividiu.

Veja também:

Publicidade - OTZAds

Financiamento de carro sem entrada, como fazer?

Entenda como funciona o financiamento de moto

Vejamos agora, algumas considerações importantes em relação ao financiamento quando a pessoa é assalariada. Você passa por uma análise de crédito antes, para saber se pode honrar com o pagamento. Se aprovado, você paga as parcelas acrescidas de juros e em alguns casos com valor de entrada, podendo até dobrar o valor pago no veículo no final do financiamento.

Por isso é muito importante cotar o financiamento em vários lugares antes de fechar. Ah, e é importante lembrar que o carro é do banco até o pagamento da última parcela. Então, organize-se e não atrase.

Publicidade - OTZAds

Veja o exemplo que nós trouxemos para que você consiga compreender:

Valor do carro zero será em algo no valor de: R$ 30 mil
Taxa de juros: 2%
Entrada: 10% (R$ 3 mil)
Valor total financiado: R$ 27 mil
Prazo: 60 meses (5 anos)
Total ao final do financiamento: R$ 46.604,40, com parcelas mensais fixas de R$ 776,74. Percebe o absurdo de juros que está pagando? Ao todo, você paga o valor de quase dois carros. Por isso é importante pegar um carro mais econômico.

Publicidade - OTZAds

O consórcio também é uma forma de financiamento, porém tem outra característica. Ele é formado por um grupo de pessoas que tem interesse em comprar um carro do mesmo valor. Todas as pessoas pagam o mesmo valor mensal a administradora do consórcio.

Considerações finais em relação ao financiamento: as chances de tirar o veículo são iguais para todos, já que são feitos sorteios assim que a soma dos pagamentos das parcelas de todos membros alcançar o valor do carro. Quem é sorteado, leva a carta de crédito com o valor para a compra do veículo.

Se você tem dúvidas ainda sobre este assunto, deixe seus comentários, nós responderemos.